Maninho Orlando: O músico-ambulante que quer mudar o mundo

Maninho Orlando é órfão de pai e mãe, frequenta a sexta classe, vive com seu tio e outros dois irmãos no bairro de Icídua, arredores da cidade de Quelimane, província da Zambézia.

Tem 17 anos de idade e há 9 anos que aprendeu, com o seu tio, a tocar timbila.  Desde então, Maninho apaixonou-se por este instrumento e construiu, ele próprio, há 2 anos, a sua timbila, com a qual toca músicas próprias e interpretadas.

Com a timbila na mão, Maninho percorre quilometros, andando de casa-em-casa a oferecer a sua habilidade em troca de algum valor monetário. Para cada faixa tocada, ele cobra cinco Meticais (equivalente a USD 0,9). Com este dinheiro, afirma ele, consegue ajudar ao seu tio, com quem vive, e seus irmãos a comprarem materiais escolares.

Segundo o petiz, que pretende crescer com a música, esta é uma forma encontrada para, de um lado contribuir com as despesas da casa onde vive e, de outro lado promover a sua cultura através da Música com base em instrumentos tradicionais.

Nas suas músicas, maioritariamente, cantadas em língua e-chwabo, Maninho transmite mensagens de motivação para as crianças orfãs e de intervenção social. Ele aborda questões como a pobreza, educação, globalização e modernidade.

Cidadaos De Moçambique

Cidadaos de Moçambique

info@cidadaos.org.mz

Somos uma rede de activistas, independentes e apartidários, dedicados a assegurar que os cidadãos tenham o direito a informação e a informar bem como a capacidade de influenciar as decisões políticas, macro e micro, com impacto sobre as suas vidas

Sem comentários

Postar um comentário