Lançamento da plataforma inclusiva da sociedade civil

Cidadãos de Moçambique, uma organização da sociedade civil baseada em Quelimane, lança está sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018, uma plataforma de advocacia e promoção da participação activa dos cidadãos na vida social e política da sua comunidade.

A plataforma pretende ser um espaço de defesa dos interesses dos cidadãos, bem como para dar visibilidade as acções impactantes e que geram mudanças positivas nas comunidades, contribuindo para o reforço da cidadania na província e no País.

O evento realizar-se-á na Casa do Direito e do Cidadão (CDC). Espera-se que a plataforma seja uma referência no processo de advocacia e luta pelos direitos fundamentais dos Moçambicanos.

O nosso objectivo é de contribuir para a melhoria da participação cidadã sobre os processos de governação e promoção do acesso à informação através da partilha de informação sobre a actuação governamental; monitoria da provisão dos serviços públicos básicos e criação de espaços de debates democráticos.

 

Cidadãos De Moçambique

Cidadãos de Moçambique

info@cidadaos.org.mz

Somos uma rede de activistas, independentes e apartidários, dedicados a assegurar que os cidadãos tenham o direito a informação e a informar bem como a capacidade de influenciar as decisões políticas, macro e micro, com impacto sobre as suas vidas

2 Comments

  • Rosa Lourenço César Sufria

    Responder Janeiro 26, 2018 4:10 pm

    Saudações!
    Em primeiro lugar quero parabenizar a iniciativa da criação do Cidadãos de Moçambique que tem em vista ” o ser Cidadão activo” como um meio indispensável para o desenvolvimento pessoal, comunitário e do País no geral. Parabenizar ainda por ter base numa das províncias que mais apresenta determinadas manifestações da Questão Social sendo esta Plataforma iclinada à intervenções social que visão responder a essas manifestações. No entanto, gostaria de perceber na Íntegra alguns itens:
    Qual é o grupo alvo?
    Qual é ou foi o critério de selecção?
    Quais são os distritos abrangidos?
    Quais são as actividades a serem desenvolvidas?
    E por fim gostaria de saber como fazer parte tendo em conta a minha moradia actual ” Maputo”?
    Atenciosamente, Rosa Sufria!

Postar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: