Activista da Cidadãos de Moçambique detido pela PRM em Quelimane

Benone Mateus detido pela PRM

O activista da organização Cidadãos de Moçambique, Benone Mateus, acaba de ser detido pela Polícia da República de Moçambique (PRM) na escola primária completa de Morropue, na cidade de Quelimane quando tentava fazer cobertura do processo que conduz o recenseamento eleitoral naquele ponto da cidade.

A reportagem do activista Benone visava, essencialmente, avaliar o nível de adesão do segundo dia ao recenseamento eleitoral e compreender dos munícipes do bairro Morrupue e Icidiua da importância do cartão eleitoral. Esta reportagem tinha, em última instância, o objetivo de compreender como os cidadãos encaram a importância de voto e motivá-los ao seu exercício.

A sua detenção resulta do facto deste ter fotografado a fila de pessoas que se iam recensear como um elemento para subsidiar o seu texto de reportagem. O activista encontra-se neste momento sob custódia da Polícia da Republica de Moçambique para passos consequentes e foi obrigado a apagar a imagem que capturou do evento com a sua camêra.

A Cidadãos de Moçambique lamenta que o activista tenha sido impedido de exercer a atividade de recolha de dados para composição da sua reportagem. O recenseamento eleitoral é um evento de interesse público e não compreendemos as razões da PRM ter detido o nosso activista. Condenamos que o nosso activista tenha sido obrigado a apagar as imagens ora captadas.

A cidadãos de Moçambique pede que as autoridades libertem o seu ativista porque, esta prática concorre a não realização pelo cidadão da lei do direito à informação e mina o ambiente que se pretende democrático. Queremos a libertação de Benone Mateus.

 

Cidadãos De Moçambique

Cidadãos de Moçambique

info@cidadaos.org.mz

Somos uma rede de activistas, independentes e apartidários, dedicados a assegurar que os cidadãos tenham o direito a informação e a informar bem como a capacidade de influenciar as decisões políticas, macro e micro, com impacto sobre as suas vidas

Sem comentários

Postar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: