Artes cénicas ainda suspiram!

Quem nunca assistiu a uma peça de teatro? Acreditamos que ninguém, se nunca viu numa casa de cinema, provavelmente terá visto na televisão, na comunidade ou simplesmente escutou no rádio, através de um dispositivo móvel de um colega ou vizinho. Afinal, o teatro é uma das artes que contribui na consciencialização e à mudança de hábitos da colectividade.

Muitas são as vezes que o governo ou as organizações não-governamentais vêm no teatro o meio de transmissão de mensagens para a mudança de atitudes. O teatro em Moçambique tem sido usado para passar mensagens educativas, por exemplo, incentivar ao uso correcto da rede mosquiteira, uso do preservativo e planeamento familiar entre outras temáticas.

São várias as dificuldades que os fazedores enfrentam no seu dia-a-dia, que enumerando cansaria o leitor de tanto serem vastas, mas mesmo com os obstáculos, as artes cénicas vão sobrevivendo com os poucos recursos existentes. Diversas vozes em Moçambique, no geral, e em particular na Zambézia, clamam pela falta de casas de cinema para apresentar os seus trabalhos, a pouca afluência dos cidadãos aos eventos organizados entendem que este seja um dos factores que contribui para o fracasso das artes cénicas.

Artes cénicas ainda suspiram - Cartaz

Com isso acreditamos que, se queremos que a nossa cultura seja reconhecida além-fronteiras, que sejamos nós a valorizarmos. Ninguém virá do outro canto do mundo para que nos aconselhe ou nos desperte o gosto e a valorização do que é nosso. Aliás, embora o teatro seja mais visível ao nível das comunidades, graças ao suporte das várias organizações não-governamentais que actuam no país, o governo é chamado a fazer a sua parte, em prover iniciativas que sustentem a arte junto dos fazedores. Quiçá os actores firmem parcerias que os ajude a galvanizar a cultura além-fronteira, porque na componente de talento, Moçambique tem até de sobra.

Por outro lado, o governo também é chamado a fazer o seu trabalho de envidar esforços na promoção da cultura, porque, muitos são os canais televisivos que mais promovem trabalhos culturais de outros países relegando para o segundo plano os nossos. Se queremos que o teatro promova a equidade do género, paz e desenvolvimento sustentável, acarinhemos os nossos talentos dando-lhes oportunidades de mostrar o que bem

sabem fazer, com vista a exaltação da cultura Moçambicana.

Entretanto, o estágio do teatro moçambicano ainda está aquém do desejado, como defendem muitos dos fazedores da arte no solo pátrio. Por isso, somos todos chamados a contribuir para o desenvolvimento da sétima arte que, embora as suas vicissitudes, nota-se um esforço para que as artes cénicas suspirem mesmo que seja com apoio dum balão de oxigénio.

A todos os homens fazedores de teatro do mundo, vai o nosso apreço e Feliz dia mundial do teatro.

Cidadãos De Moçambique

Cidadãos de Moçambique

info@cidadaos.org.mz

Somos uma rede de activistas, independentes e apartidários, dedicados a assegurar que os cidadãos tenham o direito a informação e a informar bem como a capacidade de influenciar as decisões políticas, macro e micro, com impacto sobre as suas vidas

Sem comentários

Postar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: