Moradores do bairro padeiro em Quelimane deixados à sua sorte

Moradores do bairro padeiro em Quelimane deixados à sua sorte

O bairro novo de padeiro em Quelimane é o cartão postal de todos os que dão entrada à cidade via estrada nacional. Este bairro tem conhecido um crescimento acentuado de pessoas e residências nos últimos cinco anos. Este crescimento não tem obedecido a regras básicas de urbanização o que coloca em risco as possibilidades de transitabilidade no futuro próximo.

Uma auscultação feita aos cidadãos deste bairro sobre os níveis de acesso aos serviços básicos aponta haver ausência de acesso à água, serviços de saúde, electricidade, escola, entre outras. De acordo com os nossos entrevistados, naquele bairro, há falta de quase tudo. Os moradores vivem em condições desumanas. Partilham o mesmo local com águas negras, os principais focos de mosquitos causadores da malária. As crianças são as mais susceptíveis a enfermidades de origem hídrica, por brincarem mais tempo em locais próximos das águas paradas.

Segundo Isa Reno, é triste ver seu filho, com idade pré-escolar, não puder ir à escola porque, no bairro não existem estabelecimentos de ensino. Reno confessa ser arriscado deixar seu filho, com idade menor, atravessar a estrada nacional para aceder a escola localizada no bairro Sampeni.

Por outro lado, a munícipe lamenta a falta de um posto de saúde no bairro e deplora, ainda, a apatia das autoridades, pelo que questiona, “imagine uma mulher grávida, está com dores de parto de repente na calada da noite, ou um individuo está com diarreia ou malária, o que se espera?”. A fonte adianta algumas hipóteses deste problema, “acho que o nosso governo nos esqueceu, porque não se explica que em Namacata e Munhumboni haja electricidade, e aqui não tenha. Ou, por outra, o governo não nos quer ou está proibir-nos de habitar aqui.”.

Ao que apuramos, os munícipes naquela unidade estão cientes do perigo que correm em viver naquelas condições, mas justificam-se de não ter posses para aceder a um espaço condigno para habitação. E pedem as autoridades governamentais a olhar aqueles concidadãos que vivem em condições desumanas.

Cidadãos De Moçambique

Cidadãos de Moçambique

info@cidadaos.org.mz

Somos uma rede de activistas, independentes e apartidários, dedicados a assegurar que os cidadãos tenham o direito a informação e a informar bem como a capacidade de influenciar as decisões políticas, macro e micro, com impacto sobre as suas vidas

Sem comentários

Postar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: