Há falta de água potável em Inhangome

Há falta de água no bairro Inhangome

Cidadãos residentes no bairro de Inhangome, na autarquia de Quelimane, não têm água potável, aliado ao facto daquela circunscrição não prover fontanários, obrigando-os a consumir água salgada, imprópria para o consumo humano, retirada dos charcos e poços.

Um dos exemplos é da Emília Sebastião, cidadã que tem, diariamente, cartado água dum poço localizado ao lado de uma casa de banho. Segundo ela, aquela água é para o consumo familiar. Mesmo conhecendo os riscos, limitou-se em dizer “não ter outra opção“.

Secretário do bairro Inhangome, Hélder Olímpio

Secretário da Celula C do Bairro Inhangome, Hélder Olímpio

De acordo com o Secretário da Célula C daquele bairro, Hélder Olímpio, o problema de água é antigo, e no período chuvoso os munícipes aproveitam-se da água da chuva. Quando não chove, recorrem à água dos poços que, infelizmente, tem provocado doenças de origem hídrica com destaque para a diarreia.

Olímpio afirmou ainda que, as mulheres, sobretudo, são obrigadas a acordar cedo e a percorrer até ao bairro Chuabo-Dembe que dista, aproximadamente, 3km de Inhangome em busca de, pelo menos, vinte litros de água que custa a 3 meticais.

O secretário pede a quem é de direito para criar facilidade de acesso a água potável no bairro.

 

 

VEJA O VÍDEO AQUI:

Cidadãos De Moçambique

Cidadãos de Moçambique

info@cidadaos.org.mz

Somos uma rede de activistas, independentes e apartidários, dedicados a assegurar que os cidadãos tenham o direito a informação e a informar bem como a capacidade de influenciar as decisões políticas, macro e micro, com impacto sobre as suas vidas

Sem comentários

Postar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: