Associação Cidadãos de Moçambique lança Projecto de Ciclo-táxi em Quelimane

A Associação Cidadãos de Moçambique lançou, nesta segunda-feira 17 de Dezembro, na cidade de Quelimane, um projecto social de ciclo táxi denominado NGINGA que visa reduzir o índice de desemprego, criminalidade e contribuir para a capacitação dos ciclo-taxistas em matéria de segurança rodoviária e outras temáticas transversais como o empreendedorismo, gestão de negócios e VIH/SIDA.

Para além dos beneficiários directos do projecto, participaram do lançamento do NGINGA membros do Conselho Distrital da Juventude (CDJ), Associação dos Taxistas e Motociclos da Zambézia (ATAMOZ), Associação Cidadãos de Moçambique e Jornalistas de diversos órgãos de comunicação social da Zambézia.

Numa primeira fase, o projecto disponibilizará dez bicicletas em igual número de taxistas que farão serviços de ciclo-táxi, visto que, a sua procura na urbe tem aumentado aliado ao facto do crescimento da população urbana e insuficiência dos transportes urbanos.

Associação Cidadãos de Moçambique lança Projecto de Ciclo-táxi em Quelimane

Beneficiários experimentando a NGINGA

António Bernardino, presidente da ATAMOZ, parceira do projecto NGINGA, louvou a iniciativa da Associação Cidadãos de Moçambique, e, na ocasião, a organização que dirige providenciou coletes reluzentes e registou as 10 bicicletas do projecto NGINGA atribuindo matricula.

Por sua vez, Chandinho Siquera Mizé, presidente do Conselho Distrital da Juventude de Quelimane, disse que, “sabendo que a bicicleta constitui identidade dos Quelimanenses, podemos aproveitá-la para ajudar a transformar a vida dos cidadãos desta cidade”.

Os beneficiários comprometem-se a honrar com os termos, e esperam que aqueles meios circulantes possam ajudar-lhes a suprir às suas necessidades diárias.

O Projecto Social NGINGA foi concebido para trabalhos de ciclo-táxi, recolha e entrega de produtos e bens e passeios turísticos.

NGINGA conta com o apoio financeiro da Mozambikes, uma organização que tem como objectivo a capacitação de pessoas proporcionando o crescimento nas comunidades. Da Fundação MASC, que visa fortalecer e promover o desenvolvimento sustentável da sociedade civil em Moçambique e de vários cidadãos anônimos que através duma campanha de financiamento colectivo doaram o seu dinheiro para a concretização do projecto NGINGA.

Cidadãos De Moçambique

Cidadãos de Moçambique

info@cidadaos.org.mz

Somos uma rede de activistas, independentes e apartidários, dedicados a assegurar que os cidadãos tenham o direito a informação e a informar bem como a capacidade de influenciar as decisões políticas, macro e micro, com impacto sobre as suas vidas

Sem comentários

Postar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: